9 de jun de 2011

Food

A única coisa que eu consigo pensar agora (e em todos os minutos e segundos do meu dia) é em comida. As noites de quinta-feira são especial mente cruéis para mim, pois há uma infinidade de programas culinários na TV que deixam qualquer um maluco. E eu sou uma dessas (malucas).
Ontem foi uma seqüência interminável de tortura no GNT: Jamie Oliver, Claude Troigois e Olivier Anquier, sendo esse último o tiro de misericórdia para o meu roncante e barulhento estômago. Como se satisfazer com uma fatia de queijo branco quando o moço do outro lado da telinha prepara rabanadas de brioche, com chantilly e calda de morango? Alguém me explica o porquê dessa ignorância com um ser humano???
A verdade é que eu amo comer e vocês poderiam me dizer: "Então muda o canal, pô." Mas, é impossível para mim. Mesmo sem poder comer momentaneamente (não, eu não ficarei de dieta "for ever"- separado mesmo- coisa de um mês só, tentando voltar os dignos 30kg ou 32kg pelo menos), é um prazer inenarrável para mim acompanhar os programas culinários. Me divirto mesmo, e prometo para mim mesma que vou tentar (pois crianças não são muito habilidosas com esse tipo de coisa) fazer todas as receitas, mesmo sabendo que não terei tempo, nem em um milhão de anos, para fazer a metade delas.
Isso tudo é para dizer que estou inspiradíssima e que coisas muito gostosas (literalmente) devem aparecer aqui no blog por esses dias. Gostosas mesmo: De ver e de comer. Quem preparar e quiser compartilhar, será muito bem vindo. Quem quiser só olhar, vai se encantar com tanta belezura.

Bjocas Gee

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obriigado por comentar, voolte sempre *-*